Fisioterapia Pediátrica

Fisioterapia Pediátrica

O objetivo é desenvolver com qualidade e eficiência as funções da criança, de forma que ela adquira ao máximo sua independência junto à família. Esse objetivo é potencializado quando há a participação e o envolvimento da família em todo processo de reabilitação.

As crianças estão expostas a sofrerem traumas e a desenvolver doenças desde a concepção, muitas vezes sofrendo alterações no desenvolvimento motor, impondo limitações nas atividades da vida diária e na socialização, principalmente na idade escolar. As patologias neurológicas e respiratórias são as que mais contribuem com essas complicações.

Estamos preparados para tratar as doenças e sequelas mais frequentes, como:

  • Paralisia Cerebral
  • Síndrome de Down
  • Espinha Bífida
  • Atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor
  • Doenças Pulmonares (bronquite, pneumonias, fibrose cística, asma, entre outras)
  • Distúrbios Ortopédicos (pé torto e torcicolo congênito, escoliose e outras patologias adquiridas).

Devido à predisposição genética e às particularidades do sistema respiratório, as crianças são mais susceptíveis à infecções respiratórias. As doenças respiratórias são responsáveis pelo acúmulo de secreção, sendo fundamental a atuação do fisioterapeuta pediátrico, usando técnicas especializadas para promover a remoção de secreções e garantindo uma boa expansibilidade pulmonar, possibilitando uma recuperação mais rápida.

As sessões de fisioterapia pediátrica abordam todas as necessidades da criança, de acordo com a lesão adquirida. As crianças com patologias ortopédicas não podem ser tratadas como pequenos adultos, é preciso levar em conta que a criança se encontra em fase de crescimento e desenvolvimento, por isso, a sessão será fundamentada e baseada nas características do desenvolvimento físico e motor.

No que diz respeito às doenças neurológicas, as crianças com paralisia cerebral, por exemplo, tem o comprometimento motor como a sua principal característica, influenciando no seu desempenho funcional. A fisioterapia pediátrica tem como meta normalizar o tônus muscular, com a diminuição da atividade reflexa anormal, isso facilita o movimento normal e consequentemente melhora a flexibilidade, a força e, em geral, também melhora as capacidades motoras básicas para a mobilidade funcional.

Para saber mais sobre nossos serviços em fisioterapia pediátrica, clique aqui.

Veja também: